350 Views |  Like

Quintal amigável

Proteja seu bichinho de intoxicação com plantas

Da Redação

Os cães, sobretudo os curiosos e arteiros, podem se dar muito mal ao entrar em contato com certos tipos de plantas, já que muitas delas podem causar reações alérgicas, vômitos, diarreia, fraqueza, mal estar e até mesmo sintomas neurológicos.
Espécies coloridas e cheirosas de plantas costumam chamar muito a atenção dos bichinhos e, por isso, é importante verificar se aquela florzinha escolhida para decorar o ambiente não pode causar um problemão com o animal, especialmente os filhotes.
Na hora elaborar um projeto paisagístico ou até mesmo adquirir um vasinho com planta, é necessário pensar em como os bichinhos podem interagir com essas plantas, que vão desde flores até as espécies medicinais. A fome e a sede também são fatores considerados pelos pets na hora de se aventurar gastronomicamente; portanto, é adequado sempre deixar água e ração disponíveis.
Quando o bichinho for passear em parques, praças e rua, é importante ficar alerta onde o animal está se metendo, já que ele pode se aventurar a comer uma espécie inadequada e que o fará se sentir muito mal.

fique atento!

Veja algumas plantas consideradas tóxicas, segundo levantamento da veterinária Beatriz Ribacionka, da Clínica Cão Ideal

• Antúrio
• Arnica
• Arruda
• Avelós
• Beladona
• Bico de papagaio
• Buxinho
• Copo de leite
• Coroa de cristo
• Costela de Adão
• Espada de São Jorge
• Espirradeira
• Esporinha
• Hibisco
• Lírio da paz
• Mamona
• Saia branca
• Samambaia
• Tinhorão
• Vinca

Compartilhar isso

Comentário

Comentários