364 Views |  Like

Refresco no Verão

Sorvete, sapatinho e tosa: pets merecem cuidados
adequados nos dias quentes

Evitar andar com o pet em horários de grande incidência solar, deixar água sempre disponível e tosar os pelos são dicas básicas para que cães e gatos possam se refrescar no verão. Os bichos também podem ficar incomodados com o clima, demonstrando irritabilidade e estresse nos dias mais quentes.
A médica veterinária Juliana Vidor explica que os animais braquicefálicos, os que têm focinho curto como bulldogue francês, pug e boxer, são os que mais sofrem nesta época do ano devido à dificuldade de respiração. “Quando passam mal, eles sentem mal estar como a gente, com sintomas de moleza e cansaço e podem até desmaiar. É bom evitar exercícios em dias muito quentes”, alerta.
Os donos podem também ir à cozinha preparar receitas práticas para refrescar os pets. “Misturar aquele líquido que sobra da ração de gato com mais água e fazer um sorvetinho também é aconselhável. Pode até ter uns alguns pedacinhos de carne”, recomendou a profissional. Água gelada e sorvete natural com frutas podem diminuir a temperatura corporal de forma saudável.
Estar em dia com o calendário de vermifugação deve ser prioridade para quem vai passar as festividades de fim de ano no litoral, sobretudo para evitar o contágio de dirofilariose. “É um verme que cresce no coração e ocasiona obstrução na passagem de sangue. O contágio é mais comum na praia, em lagos e locais quentes, e feito através de um mosquito”, diz Juliana Vidor. Além de cães, gatos também podem ser infectados.
A moda também pode ser funcional para os caninos. Os sapatinhos protegem as patas do contato com o solo, sobretudo do asfalto quente. “Não tem contraindicação, mas tem cachorro que simplesmente não se adapta”, falou a veterinária que recomendou “não forçar” situações com os bichos.

 

confira algumas dicas:

  • Evitar passear com os animais em horários muito quentes, com o sol incidente
  • Deixar água, até mesmo gelada, sempre disponível
    aos cães e gatos
  • Bater fruta com água e congelar e oferecer um sorvete natural aos peludos
  • Podar, tosar e deixar os animais sempre em dia com
    a verfimugação
  • Nunca deixar o animal preso no carro, nem com uma fresta do vidro aberta e sob uma árvore. Dê preferência ao ar condicionado ligado
Compartilhar isso

Comentário

Comentários