90 Views |  Like

Pele Macia e Sedosa ou “Inverno”, a estação do peeling

Chamado de a Estação do Peeling, o Inverno é a melhor época para se fazer este procedimento, que tem como objetivo a diminuição das rugas, melhora do tônus, clareamento de manchas e aumento da luminosidade e sedosidade da pele.
Peeling vem do idioma inglês e significa descamar, e seu objetivo é a descamação e renovação de pele através de agentes indutores de peeling.
É um método de tratamento da pele antigo. Há relatos que remetem à Antiguidade, quando Cleópatra se banhava com leite azedo (rico em ácido lático). As mulheres da Idade Média usavam vinho azedo (rico em ácido tartárico) para promover uma pele acetinada. Mas, somente a partir do fim de 1800 é que os peelings chegaram à Medicina e seu uso teve comprovação científica para o tratamento da pele, com substâncias como o ácido salicílico, o resorcinol, o fenol e o ácido tricloroacético (ATA).
Hoje eles estão divididos em peelings químicos e mecânicos, com diferentes agentes indutores de peelings. Saiba como são, para que servem e qual o melhor para o seu caso.
Peeligs Químicos: São ácidos substâncias capazes de romper as ligações que unem as células da pele, promovendo descamação. Possuem níveis de profundidade que dependem da concentração da substância química utilizada como os Alfa hidroxi acidos(AHA), Ácido salicílico (BHA), Lipo Hidroxi Ácidos (LHA), Ácido Lactobiônico e Gluconolactona (PHA).
Peelings Mecânicos: Ou microdermoabrasão, é uma técnica de esfoliação mecânica, passível de controle de acordo com a sensibilidade e resistência da pele. Existem dois tipos de Peelings Mecânicos:
Peeling de cristal – aparelho de microdermoabrasão que promove esfoliação mecânica da pele através do jateamento de óxido de alumínio; além de renovar a pele, proporciona um toque sedoso e ainda um efeito clareador de manchas muito importante.
Peeling de diamante – aparelho de microdermoabrasão que promove esfoliação mecânica da pele através do lixamento com a ponteira diamantada conectada há um aparelho de vácuo; além de renovar a pele promove maior efeito lifting.
Cada sessão pode ter duração de 10’ a 30’, dependendo da extensão da área de tratamento, podendo levar 60’ quando associada a outras tecnologias.
Após aplicação de peeling a pele ficará avermelhada, destratada e pode coçar antes de descamar, mas, paulatinamente, retornará ao seu estado natural. Não esqueça da manutenção dos resultados, obtida com a não-exposição solar e o uso correto de filtros solares.

Ligia de Marche Noffs é Ft. Dermato Funcional do Centro Técnico DGM Beauty & Care

Mais informações e dicas de Beleza e Bem-Estar
Acesse: http://dgmeletronica.com.br/blog/

Compartilhar isso

Comentário

Comentários