271 Views |  Like

Equador Uma joia na América do Sul

Um País cheio de surpresas, assim pode-se definir esse pequeno país da América do Sul

Com quatro regiões distintas: Costa do Pacífico, Andes, Amazônia e as famosas Ilhas Galápagos, seu território de 256.370 km² é cortado ao meio pela imaginária linha do Equador.
A sua capital, Quito, patrimônio da humanidade pela Unesco, guarda um charme único em suas preservadas construções espanholas, em suas ruas estreitas com hotéis exclusivos, restaurantes renomados e igrejas ornadas com ouro, que deixam qualquer visitante encantado.
O País também é famoso pelos vulcões ativos e é possível avistá-los de diferentes pontos da cidade de Quito, o que torna a paisagem ainda mais excitante.
Vale lembrar que o Equador não tem fronteiras com o Brasil e não possui voos diretos, sendo alcançável via Colômbia, Peru ou Panamá. Isso, porém, não impede a chegada de brasileiros, que encontram no País uma excelente opção de férias, já que encanta a todos por suas belezas e diferentes possibilidades de turismo.

Um dos passeios recomendados para quem se hospeda em Quito é um passeio de dia todo ao Parque Nacional Cotopaxi, alcançável por estradas pavimentadas até a sua entrada e permite aos visitantes ter um contato mais próximo com a beleza da fauna e flora única da região.
Entretanto, além de Quito, os turistas devem visitar Cuenca, a terceira maior cidade do país, que também se tornou patrimônio como um exemplo notável de cidade planejada, de estilo espanhol colonial, no interior da América. Outro ponto essencial é Guayaquil. Distante 250 km da capital, a cidade possui um importante porto, por onde chegam embarcações de todas partes do mundo, gerando vários postos de trabalho para seus habitantes. Guayaquil é o porto fluvial e marítimo mais importante do país, com 73% de todas as importações. 47% do total das exportações se mobilizam através das instalações portuárias que se encontram ao sul da cidade.
Outra cidade turística importante é Baños, que está situada ao norte do vulcão Tungurahua, distante a apenas 190 km de Quito e a uma altitude de 1.820 m, sendo famosa por suas fontes de agua hidromineral. A cidade também é centro de peregrinação religioso/católico, por se acreditar que a Virgem Maria apareceu próximo a uma cachoeira. Uma imagem da santa, chamada “Virgen de Agua Santa”, foi colocada na catedral.

A flora e fauna do País
Por sua localização privilegiada, bem no meio do mundo, o Equador tem milhares de espécies exóticas e endêmicas, que o tornam um lugar especialmente lindo. Cerca de 18 mil plantas com flores e as mais pequenas orquídeas do mundo estão no Equador, o país dos quatro mundos.
A biodiversidade do Equador também se reflete na fauna de suas quatro regiões: Costa, Serra, Amazônia e Galápagos. São 1.600 espécies de aves, 350 espécies de répteis e 400 espécies de anfíbios, entre outros.

Áreas protegidas
A beleza e a biodiversidade do Equador são tangíveis em suas muitas áreas protegidas. Estes espaços são protegidos por lei para preservar a beleza natural e a flora e a fauna do país. Visitá-los é uma experiência para os sentidos e uma renovação de energias.
Galápagos, por exemplo. Famosa pelas pesquisas de Darwin – que chegou às ilhas em 1835, quando tinha 26 anos de idade – possui uma extraordinária flora e fauna, com características geológicas e grande número de espécies únicas, que a tornaram um dos mais importantes e visitados centros de pesquisa científica e turismo natural. Um aspecto que torna a flora e a fauna do arquipélago, únicas, é a existência de espécies encontradas em nenhum outro lugar do mundo, como as tartarugas gigantes, tentilhões de Darwin, Iguanas Marinhas e Piqueteros de patas azuis.
A principal atração das Galápagos é a facilidade e proximidade com que se pode observar sua fauna, como as colônias de aves marinhas e os centros de criação de tartarugas gigantes. Não bastasse, são famosas as suas fabulosas praias, reconhecidas mundialmente, onde se pode realizar caminhadas, trekking, ciclismo e camping.
O clima das ilhas é marcadamente sazonal, de modo que a observação de algumas espécies e eventos naturais depende da estação.

Flores e chocolate
Considerado o destino mais verde do mundo, o Equador ganhou por três vezes esse título. Afora isso, dentro dos bens produzidos no país, pode-se destacar três deles: as rosas, as orquídeas e o chocolate.
As rosas equatorianas são consideradas as melhores do mundo, devido à sua qualidade e beleza incomparáveis e características únicas: hastes grossas e grandes, botões grandes e cores vivas.
Além disso, o grande distintivo da rosa equatoriana é a sua vida prolongada no vaso, após o corte.
Mas, em suas florestas nativas, é possível encontrar flores extraordinárias, como as grandes orquídeas, embora a maioria das espécies seja de orquídeas de tamanho minúsculo e cores suaves, que competem com as plantas e flores menores de todo mundo. Hoje, com espaço limitado nos apartamentos, existem milhares de colecionadores que têm dezenas dessas espécies em miniatura em terrários de vidro (aquários sem água), condicionados ao clima nativo, que pode ser tropical ou frio.
Por fim, não se pode falar sobre o Equador sem falar sobre cacau, este, sinônimo de cultura, desenvolvimento, identidade, patrimônio. É falar de um legado histórico antigo e cheio de esplendor como os rios, florestas e vulcões, que caracterizam este país sul-americano. Há muitos anos o Equador é conhecido como o maior produtor de cacau do mundo e reconhecido internacionalmente como o país que fornece mais de 60% da produção mundial do cacau ‘aroma fino’, matéria-prima necessária e muito procurada nas indústrias europeia e norte-americana, para a fabricação de chocolates finos.
O cacau, que contribui com mais de U$700 milhões para a economia do País, continua a manter seu prestígio por meio do valor agregado, já que há hoje várias marcas de chocolate finos equatorianos, que são exportadas para os mercados mais exigentes da Europa e Ásia.

Compartilhar isso

Comentário

Comentários