17 Views |  Like

Atila Cesar Monteiro Jacomussi e Andreia Rolim Rios

A política, ou “organização social” como ele define, está no sangue desta família. A trajetória pública dos Jacomussi começou a partir do sonho de um dos primeiros homens da Guarda Municipal, Waldomiro Jacomussi – avô do atual prefeito Atila Cesar Monteiro Jacomussi, que defendia que o município fosse governado por um “filho” de Mauá.
Esse sonho foi perpetuado de geração em geração, a partir de Admir Jacomussi (na foto com o casal) – pai do atual prefeito, eleito por mais de oito vezes vereador da cidade e hoje, em seu nono mandato, ocupando o cargo de presidente do Legislativo. Toda essa gana de trabalhar a favor da população fez com que Atila também herdasse esse espírito. “Meu pai é o responsável por eu ter me tornado político”, diz e vai além: “Meu compromisso é com os mauaenses, em fazer da cidade um local que atenda às nossas necessidades, que volte a crescer economicamente e respeito às diferenças. Mauá hoje tem um governo em que o povo é protagonista”.

Por Mariana Fanti

Casado há seis anos com Andreia Rolim Rios, atual presidente do Fundo Social de Solidariedade, Atila Jacomussi nasceu em Mauá, cidade na qual cresceu, formou família e reside atualmente com sua esposa e com o filho, Iago Jacomussi, 18 anos, estudante de Economia. Filho de Admir Jacomussi – atual presidente da Câmara de Mauá e Eva Jacomussi – professora da rede pública, o prefeito recorda que sua vocação para a política vem desde menino. “No colégio já participava do Grêmio e movimentos estudantis pelo passe livre, e ao mesmo tempo sempre acompanhei as atividades políticas do meu pai”, lembra. “Participei ativamente das campanhas, e foi assim que afloraram a vontade e a dedicação pelas questões públicas”, revela.
Não distante da realidade da maior parte das famílias, no clã dos Jacomussi os pais também são protagonistas no sucesso do filho. Atila confessa que seu pai é seu grande herói. “Ele é meu conselheiro e o homem que me ensinou a respeitar e amar as pessoas, me ensinou a lutar pelo povo”. Não menos importante, dona Eva também foi e é, até hoje, um exemplo para o filho. “Uma mulher que me inspira por todos os anos que se dedicou ao povo, como professora da rede pública”.
A esposa, Andreia, e o filho, Iago, também têm sido fundamentais nessa nova empreitada. “Minha esposa tem caminhado ao meu lado na missão de reconstruir Mauá, de fazer o orgulho e a autoestima do povo mauaense voltarem. Meu filho é meu grande orgulho, um menino de um coração enorme, dedicado, estudioso e bondoso. Procuro dar orgulho a ele em todos os meus gestos”.
Com a família em primeiro lugar em todos os âmbitos da vida, sua entrada na política não poderia ter sido diferente. Atila conta que seu primeiro mandato como vereador foi em 2004 – quando seu pai (então vereador) abriu mão de disputar a eleição para que a carreira do filho nascesse. “Quatro anos depois fui reeleito com uma das maiores votações da história de Mauá, quase nove mil votos”, orgulha-se.
Em 2012, Atila disputou sua primeira eleição para prefeito com o projeto “Mauá de Cara Nova”. Em 2013 assumiu a SAMA – Saneamento Básico do Município de Mauá e deixou a marca de que “Nunca se Fez Tanto em Tão Pouco Tempo”. Esse modelo de gestão, moderno e eficiente, ampliou sua credibilidade junto ao povo e acabou levando-o ao pleito de deputado estadual, em 2014. “Toda essa trajetória foi reconhecida nas urnas em 2016, quando pela primeira vez o povo elegeu um filho de Mauá para prefeito”, lembra o chefe do Executivo.
Seguindo o objetivo de dar à sua gestão “eficiência, agilidade e manter o compromisso com as pessoas”, Atila revela que o maior desafio no atual cargo é não poder errar. “O desafio é manter o ritmo de trabalho e garantir que o povo sinta o resultado do nosso trabalho”.
Para não falhar nessa tarefa arrumou o melhor aliado que um homem poderia ter: seu pai, que à frente do Legislativo facilita a relação e interlocução com os demais vereadores. “Meu pai é uma referência no Legislativo da cidade e a sabedoria dele é compartilhada com cada um dos vereadores da Casa. Independente da nossa relação de pai e filho, ter Admir Jacomussi como presidente da Câmara é positivo para o povo”, afirma. “Ele conhece a cidade, conhece as pessoas e conhece as leis de Mauá. Ele presidiu a comissão que criou a Lei Orgânica da cidade, considerada a constituição do município. O Jacomussi é um homem fundamental para Mauá”, conclui.

Primeiro ano de mandato

“Hoje, Mauá tem um governo em que o povo é protagonista”, garante o prefeito. Seguindo essa lógica, grandes conquistas foram alcançadas, como a inauguração da UPA Zaíra, revitalização do Terminal Central e do Itapeva. “O grande destaque são os presentes que entregamos ao povo, no aniversário da cidade. Em mais de 10 dias de comemorações fizemos 12 entregas. Destaco a reabertura do Pronto Socorro do Hospital Nardini, o FIEC (Fábrica Integrada Educacional e Cultural), a reabertura do Teatro Municipal e a entrega de 100 novos ônibus, zero km”.

À frente do Fundo Social de Solidariedade

Outra vertente fundamental em sua gestão é a parte social. Neste quesito, a participação da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andreia Rolim Rios, tem sido fundamental.
Inativo desde 2002, o Fundo renasceu pelas mãos de Andreia, que levou algum tempo para literalmente ‘colocar a casa em ordem’. Mas, desde junho último, o Fundo já vem mostrando a que veio graças à energia, empenho e dedicação de sua presidente, que em poucos meses vem diversificando as ações sociais na cidade, criando ou ampliando programas já existentes voltados para geração de renda, atendimento a famílias carentes e idosos, este por meio de iniciativas especiais para a terceira idade, inclusive esportivos. Campanhas, como a do agasalho, ou de arrecadação de alimentos também têm sido realizadas, com resultado muito além das expectativas.
Mas, não é só. Por meio de parceria com a ONG Triângulo, de preservação ambiental, Andreia garantiu que as associações de bairro possam fazer a coleta do óleo de cozinha usado nas comunidades, recebendo contrapartida pela entrega do produto reciclado, que já começa ser revertida em benfeitorias locais. O Fundo Social também tem investido muito em capacitação e facilitado inscrições para que mais participantes de programas sociais possam participar das Oficinas Culinárias de Economia Solidária, onde são apresentadas receitas de alimentos que podem ser vendidos para ajudar na renda familiar, além de vir proporcionado a oficialização ONGs que atuam na cidade, por meio do trabalho de Assistência social e apoio de assessoria especializada.

Causa animal

Andreia fala ainda de sua paixão por animais e conta que desde muito jovem já dedicava seu tempo livre entre os estudos e o trabalho para socorrer animais abandonados ou doentes, encontrados na rua, que carregava para casa para cuidar, se encarregando, também, da sua adoção. “Trouxe essa paixão para a minha vida adulta, e costumo dizer que hoje tenho ‘três filhos, ainda que de quatro patas’. Jack e Sara, com seis anos, e Thor com cinco são uma alegria e estão constantemente conosco”.
O fato é que, em função desse amor pelos bichos, Andreia acabou por beneficiar também os animais de outras tantas famílias, em Mauá, com a inauguração do Poupatempo Animal. Pioneiro em todo o estado de São Paulo e lançado em agosto passado pela Prefeitura, por meio do decreto 8.335, o programa consiste em um veículo adaptado para fazer atendimento veterinário de cães e gatos da cidade. Segundo ela, inaugurado no Jardim Zaíra, a unidade móvel conta com equipe composta por médico veterinário, assistente e outros profissionais, contando com equipamentos de oxigênio, terapia e oximetria (para medir pulso), saturação de oxigênio, além de medicação completa para dar o primeiro auxílio aos animais. “Os cães e gatos só precisam ter como tutores pessoas inseridas em programas sociais de baixa renda”, diz a presidente do Fundo, feliz com a repercussão e com o número crescente de agendamentos para consultas.

Rotina familiar

O primeiro ano de gestão exigiu muita dedicação e foi marcado por muito trabalho para reorganizar a cidade. Mas, Atila revela que nada seria possível sem o apoio de sua esposa, que “está fazendo um belíssimo trabalho a frente do Fundo Social de Solidariedade”, e do seu pai, “que tem ajudado muito na função de presidente da Câmara Municipal”. Por este motivo, sempre que tem um tempo livre, ou um espaço na agenda, aproveita para descansar na companhia da esposa, do filho, dos cachorros e, se possível, aliar tudo isso com seu hobby predileto: acompanhar o futebol brasileiro.
Já Andreia vem dividindo seu tempo entre a casa e a rotina puxada em função das variadas atividades à frente do Fundo desde a posse do marido, mas faz questão de dar conta de tudo e estar sempre presente. “Vou a todos os lugares, bairros e comunidades checar os programas in loco e avaliar sua evolução”, resume.
Nesta edição especial de Natal, o prefeito e sua família deixam uma mensagem especial a todos. “Desejo que as famílias mauaenses aproveitem esse Novo Tempo na cidade, que vivam momentos positivos com familiares e amigos, tenham saúde, paz, amor e realizem seus sonhos. No que depender de nós, trabalharemos para que todas tenham oportunidades e condições de buscarem seus objetivos de vida”.

Compartilhar isso

Comentário

Comentários